Dulce Reis

CUTIA Coletivo percorre cinco cidades pernambucanas com o espetáculo infantil “Pochyua – Só Pra Rodar”

Postado em Atualizado em

Com incentivo do Funcultura, primeiras apresentações acontecem em Vicência e Paulista. Obra é um encontro entre a tradição e a contemporaneidade em forma de música, traduzida em um show para ouvir, cantar e dançar

O CUTIA Coletivo, formado pelo cantor, compositor e músico Pochyua Andrade e pela atriz, diretora e arte-educadora Viviana Borchardt, leva para cinco cidades pernambucanas o espetáculo infantil “Pochyua – Só Pra Rodar”, através do incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE). A obra é um encontro entre a tradição e a contemporaneidade em forma de música, traduzida em um show para ouvir, cantar e dançar. De autoria de Pochyua Andrade, o espetáculo tem um repertório rico, partindo de sua pesquisa e criação e de sua experiência com as músicas do cancioneiro popular de Pernambuco. As primeiras apresentações confirmadas, que têm entrada gratuita, acontecerão na Escola Municipal Maria José Monteiro, em Vicência, no dia 04/10, às 13h, e na Escola Municipal Cônego Costa Carvalho, em Maranguape 1, em Paulista, no dia 08/10, às 10h. Leia o resto deste post »

Cliente Feed: Performance Por Onde Andam Os Porcos

Postado em Atualizado em

Por Onde Andam Os Porcos. Foto: Rhaiza Oliveira
Por Onde Andam Os Porcos. Foto: Rhaiza Oliveira

Confira o clipping completo da performance “Por Onde Andam Os Porcos”, realizada na Galeria Janete Costa (Parque Dona Lindu), nos dias 30/07, 31/07, 02/08 e 03/08 de 2019. A partir de uma releitura da imagem comum do “porco capitalista”, o trabalho convida a pensar o lugar centralizado do opressor, entendendo a humanidade como seres políticos, como indivíduos responsáveis por manter o mundo como nos foi dado, a macro e microestruturas em funcionamento. Uma sociedade que persegue a lógica 24/7, autorregulada e em eterno funcionamento. Leia o resto deste post »

Temporada da performance “Por Onde Andam Os Porcos” ocupa Galeria Janete Costa

Postado em Atualizado em

Com incentivo do Funcultura, apresentações acontecem nos dias 30/07, 31 07, 02/08 e 03/08, sempre às 19h30. Trabalho convoca a gênese de um corpo outro, capaz de suportar as adversidades desse mundo

A temporada da performance “Por Onde Andam Os Porcos” ocupa a Galeria Janete Costa (Parque Dona Lindu), nos dias 30/07 (terça), 31/07 (quarta), 02/08 (sexta) e 03/08 (sábado), sempre às 19h30. A partir de uma releitura da imagem comum do “porco capitalista”, o trabalho convida a pensar o lugar centralizado do opressor, entendendo a humanidade como seres políticos, como indivíduos responsáveis por manter o mundo como nos foi dado, a macro e microestruturas em funcionamento. Uma sociedade que persegue a lógica 24/7, autorregulada e em eterno funcionamento. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) e estão disponíveis para compra antecipada no link http://bit.ly/Porcos-Sympla. Classificação indicativa: 18 anos. Leia o resto deste post »

Orun Santanta apresenta temporada de “Meia Noite” no Teatro Arraial Ariano Suassuna

Postado em Atualizado em

O espetáculo solo dialoga dramaturgicamente sobre a relação entre pai e filho, entre mestre e discípulo. As apresentações acontecem de 31 de maio a 06 de julho, sempre às sextas e aos sábados, às 20h

O bailarino Orun Santana apresenta a temporada de “Meia Noite”, no Teatro Arraial Ariano Suassuna, desta sexta-feira (31 de maio) a 06 de julho, sempre às sextas e aos sábados, às 20h. O espetáculo solo passeia pela capoeira como elemento criador e motivador do movimento, sobretudo dos corpos do Mestre Meia-noite, nome artístico de Gilson Santana, e Orun. Ambos brincantes e artistas do Daruê Malungo, pai e filho, construíram suas carreiras e sua relação dentro deste universo. A obra explora ainda a capoeira como procedimento de uso de imagens/memória do corpo do dançador como elemento criador, traço marcante na obra de Orun, como artista e pesquisador no assunto. O espetáculo solo dialoga dramaturgicamente sobre a relação entre pai e filho, entre mestre, discípulo e consequente relação com a ancestralidade pessoal, principalmente masculina, na busca de uma conexão com essas energias e possíveis curas e construção de uma nova masculinidade. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) e já estão com vendas antecipadas no sympla.com.br/orunsantana e também estarão disponíveis na bilheteria uma hora antes do início do espetáculo.
Leia o resto deste post »

Clipping Daruê Malungo: Campanha Coco do Candinhêro

Postado em Atualizado em

Vilma Carijós, presidente do Daruê Malungo. Foto: Célia Santos

Confira o clipping do Coco do Candinhêro, campanha do Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo, da comunidade de Chão de Estrelas, Zona Norte do Recife. Passando por dificuldades financeiras, a instituição lançou o evento para arrecadar fundos para manter o atendimento de 55 crianças e adolescentes em suas atividades educativas, com dança, capoeira, lazer e nutrição. O Coco do Candinhêro foi realizado no dia 26/01/19, na sede do Daruê Malungo. Foram realizadas atividades como a vivência de dança Malungos – corpo, dança, mente e movimento, com o bailarino e professor Orun Santana, e apresentação do grupo Bongar, com a participação especial do rabequeiro Maciel Salú. A Feed Comunicação realizou a assessoria de imprensa de forma voluntária com o objetivo de contribuir para a manutenção das atividades realizadas pelo Daruê Malungo.

FICHA TÉCNICA
Coco do Candinhêro
Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo

Vilma Carijós – Coordenação Geral
Orun Santana – Coordenação Artística
Danilo Carias – Articulação Institucional e Produção Geral
Adelmo do Vale – Coordenação de Audiovisual
Marcela Rabelo – Programação Visual
Dulce Reis | Feed Comunicação – Assessoria de Imprensa
Leia o resto deste post »

Daruê Malungo promove Coco do Candinhêro, no dia 26/01, com Bongar e Maciel Salú

Postado em

Evento tem como proposta mobilizar recursos para manter atividades e atendimentos do Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo, em Chão de Estrelas. Além do coco, público pode participar da vivência de dança Malungos – corpo,dança, mente e movimento, com o professor e bailarino Orun Santana

O Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo, na comunidade de Chão de Estrelas, Zona Norte do Recife, que completou 30 anos, passa por dificuldades. Para manter o atendimento de 55 crianças e adolescentes em suas atividades educativas, com dança, capoeira, lazer e nutrição, o grupo promoverá o Coco do Candinhêro, no próximo dia 26/01 (sábado). As atividades começam às 9h, com a vivência de dança Malungos – corpo,dança, mente e movimento, com o bailarino e professor Orun Santana. Às 15h, o coco toma conta do terreiro com a apresentação do Bongar, que contará com a participação especial do rabequeiro Maciel Salú. Para participar e contribuir, o público pode efetuar uma doação espontânea a partir de R$ 20,00 (vinte Reais). O Daruê Malungo fica na Rua Passarela, 18A, Chão de Estrelas (Peixinhos), Recife, e também aceita doações através de conta corrente: Banco do Brasil, Agência: 2805-3, Conta: 12160-6, em nome do Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo, CNPJ 35.328.012/0001-24. Leia o resto deste post »

Assessoria de imprensa: Camila Ribeiro em entrevista para o Diario de Pernambuco

Vídeo Postado em

A violonista, guitarrista, bandolinista, compositora e arranjadora Camila Ribeiro participou do programa Primeira Pessoa, do Diario de Pernambuco, produzido pela jornalista Aline Ramos. O vídeo é resultado do trabalho em conjunto entre a artista e a assessoria de imprensa da Feed Comunicação. Confira a entrevista:

Equipe Diario de Pernambuco
Produção: Aline Ramos
Imagens: Aline Ramos e Tiago Lima

Artista:
Camila Ribeiro

Assessoria de imprensa:
Dulce Reis | Feed Comunicação

Saiba mais sobre a artista: Camila Ribeiro lança espetáculo instrumental “Baile Frevo Roots” no dia 29/12