Isaar

Casas Populares da BR 232 lança seu primeiro álbum nas plataformas digitais

Postado em

Evento acontece na segunda (25), às 19h, na loja Passa Disco, no Recife. “Negraíndia” celebra 15 anos de trajetória do grupo. Gravação do CD e shows de itinerância nacional têm incentivo do Funcultura

Após 15 anos de trajetória, a banda Casas Populares da BR 232 lança seu primeiro álbum. Na próxima segunda-feira (25/03), às 19h, o grupo libera as músicas de “Negraíndia” nas plataformas digitais e faz uma audição na loja Passa Disco, no Recife. A entrada é gratuita. Sob a direção da produtora, cantora e compositora Isaar, o trabalho traz uma mensagem de solidariedade e amor, com canções de protesto e liberdade, passeando pelas tradições musicais do Nordeste e Norte do Brasil, pensando ainda nas expressões musicais de Matriz Africana e indígena da América Latina. Com Incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), além da gravação do disco, a banda vai circular com shows por Recife/PE, João Pessoa/PB, Brasília/DF e São Paulo/SP. Leia o resto deste post »

Anúncios

Maciel Salú vai do rock à música clássica em show com renda revertida ao CERVAC

Postado em Atualizado em

Isaar, Cannibal e Maestro Israel de França se unem à causa e fazem participação especial no show. Apresentação que comemora 30 anos da instituição será no dia 11/05, no Teatro de Santa Isabel

O cantor, compositor e rabequeiro Maciel Salú faz show beneficente em prol do Centro de Reabilitação e Valorização da Criança (CERVAC), que completa 30 anos em 2018, no próximo dia 11 de maio (sexta-feira), às 20h30, no Teatro de Santa Isabel. A instituição, sediada no Morro da Conceição (Recife|PE), atua na prevenção, reabilitação e inclusão social de pessoas com deficiência, como crianças com Síndrome de Down e microcefalia relacionada à síndrome congênita do vírus da zika. O espetáculo terá as participações especiais da cantora Isaar, do cantor Cannibal e do Maestro Israel de França. Todo valor arrecadado na bilheteria será doado ao CERVAC. O ingresso custa R$ 20,00 (preço único) e está à venda na bilheteria do Teatro e no Sympla (http://bit.ly/Maciel-Salu-CERVAC).
Leia o resto deste post »

Frevotron, DJ Dolores e Orchestra Santa Massa se apresentam em Abu Dhabi

Postado em Atualizado em

Orchestra Santa Massa

Frevotron, DJ Dolores e Orchestra Santa Massa embarcam neste sábado (17/09) para shows duplos em Abu Dhabi, uma das cidades dos Emirados Árabes. Os grupos apresentarão seu som cosmopolita juntos nos dias 21 e 22 de setembro. Além disso, haverá performance solo do DJ Dolores, assim como workshops de saxofone e música eletrônica. O convite surgiu do braço da NYUAB, a extensão local da New York University que propõe conexões entre artistas de origens e disciplinas diferentes. No evento, os grupos terão a colaboração de Zahed Sultan, multi artista do Kwait, envolvido na criação de ambientes em que música, projeções e luzes interagem simultaneamente. Leia o resto deste post »

Rio 2016: repertório da Orchestra Santa Massa na Cerimônia de Encerramento da Olimpíada

Postado em Atualizado em

Orchestra Santa Massa

A Orchestra Santa Massa representou a música do Brasil na Olimpíada Rio 2016 no último domingo (21), às 20h. A banda pernambucana, formada por Hélder Aragão (DJ Dolores), Maciel Salú (voz e rabeca), Isaar (voz), Fábio Trummer (voz e guitarra) e Jam da Silva (percussão), se apresentou durante a cerimônia de encerramento da Rio 2016, no Estádio do Maracanã, para um público presente estimado em 70 mil pessoas e para mais de 3 bilhões de telespectadores em todo mundo. O grupo ainda convidou para a apresentação o Maestro Spok (voz e sax), André Julião (sanfona) e Yuri Queiroga (baixo). O repertório inclui músicas da própria Santa Massa e de Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Jacinto Silva e ainda uma canção composta especialmente para ocasião, de autoria de Maciel Salú. Leia o resto deste post »

Orchestra Santa Massa represents the Brazilian music in the Olympic Games Rio 2016

Postado em Atualizado em

Orchestra Santa MassaOrchestra Santa Massa represents the Brazilian music in the Olympic Games Rio 2016 on this Sunday (21) at 8 PM. The band from Pernambuco, formed by Hélder Aragão (DJ Dolores), Maciel Salú (voice and fiddle), Isaar (vocals and percussion), Fábio Trummer (voice and guitar) and Jam da Silva (percussion) will perform during the closing ceremony of the Rio 2016 at the Maracanã Stadium for an audience estimated at 70,000 people at the venue and more than 3 billion viewers worldwide. The group invited to its concert “Maestro Spok” (voice and sax), “André Julião” (concertina) and “Yuri Queiroga” (bass). The repertoire includes Orchestra Santa Massa’s original songs and mixed versions of “Jackson do Pandeiro”, “Luiz Gonzaga”, “Alceu Valenca”, “Jacinto Silva” and even a song composed especially for the occasion, written by Maciel Salú. Leia o resto deste post »

Orchestra Santa Massa representa a música do Brasil na Olimpíada Rio 2016

Postado em Atualizado em

Orchestra Santa Massa

A Orchestra Santa Massa representa a música do Brasil na Olimpíada Rio 2016 neste domingo (21), às 20h. A banda pernambucana, formada por Hélder Aragão (DJ Dolores), Maciel Salú (voz e rabeca), Isaar (voz e percussão), Fábio Trummer (voz e guitarra) e Jam da Silva (percussão), vai se apresentar durante a cerimônia de encerramento da Rio 2016, no Estádio do Maracanã, para um público presente estimado em 70 mil pessoas e com expectativa de mais de 3 bilhões de telespectadores em todo mundo. O grupo ainda convidou para a apresentação o Maestro Spok (voz e sax), André Julião (sanfona) e Yuri Queiroga (baixo). O repertório inclui músicas da própria Santa Massa e de Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Jacinto Silva e ainda uma canção composta especialmente para ocasião, de autoria de Maciel Salú. Leia o resto deste post »

Arte no Parque divulga programação musical completa

Postado em

Festival terá apresentações de Areia & Grupo de Música Aberta e Isaar & Maciel Salú, entre outras atrações. Evento gratuito acontece de 19 a 24 de janeiro no Sítio Trindade
Maciel Salu e Isaar Fotos Adolfo Sonteria e Diego Di Niglio P
O Sítio Trindade, no bairro de Casa Amarela, no Recife, receberá a primeira edição do Arte no Parque entre os dias 19 e 24 de janeiro de 2016 (de terça-feira a domingo). Em sua programação, o publico vai curtir atividades nas áreas de fotografia, cinema, música, artes visuais e literatura. A grade musical do evento está bem diversificada. Nos dias 23 e 24, o festival terá shows do Areia & Grupo de Música Aberta, Isaar & Maciel Salú, Gilú Amaral, Lu Rabelo, Batuqueiros do Silêncio e Inconsciente Coletivo. A programação é gratuita e para toda a família.

Foto: Vládia Lima
Foto: Vládia Lima

Idealizado pela fotógrafa e produtora cultural Luciana Ourique, o Arte no Parque conta com incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), do Governo do Estado de Pernambuco. O objetivo é estimular o desenvolvimento da cultura, da inclusão social, da acessibilidade e da troca de conhecimento através das artes integradas.

Foto: Olga Wanderley
Foto: Olga Wanderley

Confira a programação musical completa:

SHOWS – Programação aberta ao público (sem inscrição)

Dia: 23 (sábado)
batuqueiro do silêncio
Batuqueiros do Silêncio | 16h
Projeto Som da Pele de música para surdos. Com a ajuda de uma metodologia inédita e inovadora a MusiLibras, desenvolvida por Ras Batman Griô, onde as figuras de tempo musical utilizadas para escrever música, são reconhecidas através de um alfabeto em forma de sinais visuais.

Gilú Amaral - P
Gilú Amaral | 18h
É tido como um dos melhores percussionistas de sua geração. Traz uma vasta experiência musical. Fundador da Orquestra Contemporânea de Olinda, do Grupo Instrumental Wassab e da Academia da Berlinda. O músico originário de Olinda vivencia a música desde a infância, conhecendo as estruturas rítmicas de músicas consagradas nos terreiros de Candomblé e de Cultura Popular. Vai apresentar seu show solo “Percursos”, em que explora todo seu conhecimento.

Isaar & Maciel Salú | 20h30
Com quase 20 anos de carreira levando a música de Pernambuco para o mundo, Maciel Salú e Isaar finalmente realizam um trabalho que há anos era guardado a sete chaves: cantar juntos num projeto que traz as referências da música negra brasileira. Dessa união, com a bagagem cheia de histórias, Maciel e Isaar criam um novo espetáculo sem rótulos e rico em influências da música brasileira e mundial.

Dia: 24 (Domingo)

Lu Rabelo | 16h
A poeta, cantora e compositora Lu Rabelo reúne poemas e músicas de sua autoria. Guiada pela intuição, emoção, espontaneidade e experimentalismo, suas poesias e canções têm como motes a Natureza, as Paixões, a Poesia, o Tempo, o Ser.

INCONSCIENTE COLETIVO
Inconsciente Coletivo | 18h
Música instrumental formado por Carlos Pérez na bateria e percussão, Diego Drão nos teclados e José Lencastre ao sax. Desta mistura que nasce o eclético e dinâmico repertório que vai do jazz ao popular, sem fronteiras e em constante evolução.

Areia & Grupo de Música Aberta | 20h
Projeto instrumental do contrabaixista, compositor e produtor musical Walter Areia. O quarteto reúne no seu jazz brasileiro um pouco da sonoridade da música do oriente, trazida pelos portugueses, e as batidas africanas. Tocam inspirados por uma forma mais ancestral de improvisação, batizado por Areia de Música Aberta. Os motes reaparecem após cada solo, como faz o cantador nordestino com sua poesia.

Serviço:
Festival Arte no Parque
Quando: de 19 e 24 de janeiro de 2016 (de terça-feira a domingo)
Onde: Sítio Trindade (Estrada do Arraial, s/n, Casa Amarela – Recife)
Entrada: gratuita
Email: festivalartenoparque@gmail.com
Programação completa (todas as áreas) e inscrições: http://www.festivalartenoparque.com.br
Redes sociais: fb.com/festivalartenoparque e instagram.com/artenoparque