mostra

Exposição “Studio Butterfly e outras fábulas”, de Virginia de Medeiros, entra em cartaz na Casa Porto das Artes Plásticas, em Vitória

Postado em Atualizado em

Contemplada pelo Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais, a mostra começa no dia 20 de novembro de 2018. Na abertura, o público poderá participar de bate-papo e de visita guiada com a artista

A artista visual Virginia de Medeiros apresenta, de 20 de novembro de 2018 a 6 de janeiro de 2019, a exposição “Studio Butterfly e outras fábulas”, na Casa Porto das Artes Plásticas, em Vitória/ES. Contemplada pelo Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais, promovido pelo o Ministério da Cultura e pela Fundação Nacional de Artes (Funarte), a mostra apresenta instalações, vídeos e fotografias na criação de narrativas que lançam um olhar surpreendente sobre histórias reais. O trabalho da artista baiana converge estratégias documentais para ir além do testemunho, questionando os limites entre realidade e ficção. A curadoria é assinada por Moacir dos Anjos. A visitação acontece de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e aos sábados, das 10h às 14h, com entrada gratuita. Na abertura, a partir das 19h, haverá bate papo e visita guiada com a artista. A classificação indicativa é de 16 anos. Leia o resto deste post »

Exposição “A Arte É Um Manifesto – 30 Anos de Devotos” promove bate-papo sobre a cena underground pernambucana

Postado em Atualizado em

A exposição “A Arte É Um Manifesto – 30 Anos de Devotos” promove um bate-papo sobre a cena underground pernambucana, com curadoria de Neilton e mediação de Cannibal, com Kira Aderne (Diablo Angel), Julia Claudino (Recife Underground Scene), Fabrício Felipe (Plugins), Marcus ASBarr (BioDiverCidade Produções) e Paulo André Moraes (Abril Pro Rock). A conversa acontece no próximo dia 10/08 (sexta-feira), às 19h, no auditório do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM), no bairro da Boa Vista. A entrada é gratuita e aberta ao público.

A exposição individual “A arte é um manifesto – 30 anos de Devotos” é uma realização de Neilton e do Grão Coletivo (Auroras, Criativo Soluções, Feed Comunicação e Grão – Comunicação e Cultura), e conta com incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe – Cultura PE), Secretaria de Cultura de Pernambuco e Governo de Pernambuco.

Serviço:
Bate-papo: A cena underground pernambucana
Curadoria: Neilton
Quando: 10/08 (sexta-feira), às 19h
Onde: auditório do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) | Entrada pela Rua da União, 88, Boa Vista
Entrada: gratuita e aberta ao público
Incentivo: Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Secretaria de Cultura de Pernambuco e Governo de Pernambuco
Realização: Neilton e Grão Coletivo (Auroras, Criativo Soluções, Feed Comunicação e Grão – Comunicação e Cultura)

Exposição do artista Neilton oferece acessibilidade para pessoas com deficiência visual ou auditiva

Postado em

Mostra em cartaz no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) está acessível para pessoas com deficiência visual ou auditiva

A exposição “A arte é um manifesto – 30 anos de Devotos”, do artista visual Neilton, em cartaz no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam), oferece acessibilidade comunicacional para pessoas com deficiência visual ou auditiva. As pessoas cegas ou com baixa visão contam com visita mediada com audiodescrição realizada pela equipe do Setor Educativo do Museu, em quaisquer dias e horários de funcionamento. Durante cinco sábados até o final da mostra, as pessoas surdas falantes da Libras (Língua Brasileira de Sinais) podem fazer uma visita mediada por um intérprete. A mostra segue em cartaz no Mamam até o próximo dia 15 de julho. A entrada é gratuita. Leia o resto deste post »